Song to the siren

versão para a música do Tim Buckley

À deriva em mar deserto
Tudo eu fiz para sorrir
Teu canto trouxe-me perto
De onde nunca mais saí
Em teu canto, tu dizias
"Abra as velas, vem a mim
Cá estou eu, cá estou eu a esperar-te"

Sonhei eu que me sonhavas
Era eu lebre e tu raposa?
Tolo barco, agora aderna
Acamado em praia eterna
Você canta "não me toques
Hoje não, quem sabe quando"
Em meu peito, envergonhado,
Se esconde meu coração
Tonto como uma ostra Confuso com a maré Preso na rebentação Entregando-me sem fé Ouço-te ainda a cantar "Venha a mim, quero abraçar-te Cá estou eu, cá estou eu a esperar-te"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s