Titanium

Se você grita, eu não consigo escutar
Se algo te irrita, melhor falar

Você critica, mas tudo volta para você
Você atira no que não vê

Balas perdidas, frases soltas
Não vão me atingir

E o ricochete sempre volta
Melhor se proteger

Não sou de aço ou de titânio
Sou forjada na dor

Não sou de aço ou de titânio
Sou forjada na dor

Você me cobra
Você é que tem o que explicar

Ou então
É melhor calar

Subir o tom
Xingar, bater, ameaçar

Não vai dar bom
Melhor parar

Balas perdidas, frases soltas
Não vão me atingir

E o ricochete sempre volta
Melhor se proteger

Não sou de aço ou de titânio
Sou forjada na dor

Não sou de aço ou de titânio
Sou forjada na dor

Estou com a impressão
Que agora é chegado o fim

Vou começar
A cuidar de mim

Não sou de aço ou de titânio
Sou forjada na dor

Não sou de aço ou de titânio
Sou forjada na dor

E o ricochete sempre volta
Melhor se proteger

Não sou de aço ou de titânio
Sou forjada na dor

Versão para a canção de David Guetta e Sia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s