Aforismos

e alguns desaforismos…

 

É uma vida muito boa!

Quer dizer… é uma vida boa…

Bem, boa ou ruim, é uma vida…

Uma.

Defender minorias não se trata de garantir-lhes direito de ser diferente, mas sim de reconhecer que, essencialmente, somos todos iguais.

Se cada um de nós não se reconhecesse nos outros que o rodeiam, teríamos tantas minorias na Terra quanto seres humanos.

Somos tanto mais humanos quanto mais humanidade reconhecemos nos outros.

Nossa família é tão grande quanto a nossa capacidade de reconhecer irmãos.

A esperança é a última que morre.

A oportunidade é a penúltima.

A espontaneidade, a primeira.

 

Precisamos melhorar a proporção entre referências enxadrísticas e metáforas futebolísticas nas análises e discussões sobre o futuro do país .

 

Todo cuidado é pouco.

Com os incautos… mais ainda!

Não tente cuidar dos incautos.

Apenas cuide-se deles.


 

Se queremos que nossos filhos pareçam-se conosco, devemos criá-los como fomos criados, e não como gostaríamos de ter sido.

 

 

 

 

por aí a rodar
vendo o dia raiar
Tomando algumas em um bar
tomando algumas em um bar

 


Uma consideração sobre “Aforismos”

  1. É!

    Somos todos minoria!

    Temos tantas Terras quanto “sois”… Sois o sol! Heliocentrismo, pior que nanismo.

    Uma morte muito angustiante.

    A solidão é inevitável e interessante.

    Didática apropriada ao público e, inteligência e boa vontade nos bastidores.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Pensar é fácil, difícil é fazer-se entender!

%d blogueiros gostam disto: